SEF procura suspeitos que terão trazido migrantes marroquinos

Autoridades já fizeram avaliação que permitiu descartar hipótese de pequeno baleeiro de sete metros, velho e com madeira destruída, ter feito toda a viagem até Portugal. Jovens com 16 e 20 anos foram levados pela Polícia Marítima. Terão sido largados perto de águas portuguesas.

Foto
LUSA/LUÍS FORRA

Os oito jovens migrantes marroquinos que esta quarta-feira desembarcaram na Praia de Monte Gordo, no Algarve, não terão feito toda a travessia entre Marrocos e Portugal na pequena embarcação baleeira com sete metros em que foram avistados pelas autoridades portuguesas. Nem tão pouco o terão feito sozinhos. Os primeiros passos da investigação já desencadeada esta quarta-feira, nas horas seguintes ao desembarque, levam a polícia a crer que tiveram a ajuda de alguém que os transportou noutra embarcação de maior porte que os terá depois deixado no baleeiro já mais próximos da costa portuguesa, apurou o PÚBLICO junto de fontes policiais. O caso está entregue ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e os jovens, com idades entre os 16 e os 20 anos, foram detidos pelo crime de imigração ilegal.