Morreu o psicanalista Carlos Amaral Dias

Carlos Amaral Dias abandonou há um mês a direcção do Instituto Miguel Torga, à frente do qual esteve mais de duas décadas.

,Instituto Miguel Torga
Foto
O psicanalista Carlos Amaral Dias Joana Bourgard/ARQUIVO

O psicanalista e professor Carlos Amaral Dias morreu esta terça-feira de doença em Lisboa, disse à agência Lusa Luís Marinho, docente e membro da comissão do Instituto Superior Miguel Torga, de Coimbra.

Carlos Amaral Dias, de 74 anos, abandonou há cerca de um mês, a seu pedido, a direcção do Instituto Miguel Torga, à frente do qual esteve mais de duas décadas.

Carlos Amaral Dias foi professor da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação de Coimbra, onde se doutorou depois de se ter licenciado em psiquiatria, também na Universidade de Coimbra.