Pode o Alentejo ser um exemplo de sustentabilidade para o resto do país?

O Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo tem já a adesão de perto de 400 produtores e coloca a região na linha da frente destas preocupações. Poupar água e energia, reduzir o uso de químicos, usar materiais amigos do ambiente e organizar melhor o local de trabalho são algumas das práticas.

Foto
Herdade do Rocim Andreia Carvalho

Produzir vinho está longe de ser uma actividade ambientalmente sustentável – e uma das principais razões para isso é a quantidade de água que se gasta. Mesmo quando as vinhas não são regadas, há um enorme consumo de água nos trabalhos na adega.