Daesh já tem um novo líder e é conhecido pela sua brutalidade

Abdullah Qardash conduzia o planeamento do dia-a-dia do grupo jihadista e era o braço direito de Baghdadi. Vai ter de provar o que vale e espera-se uma campanha de vingança onde quer que os seus militantes tenham margem de manobra.

Mosul
Foto
A saída das tropas norte-americanas da Síria pode permitir o ressurgimento do Daesh KHALIL ASHAWI/REUTERS

O Daesh já tem um novo líder. Chama-se Abdullah Qardash e era há muito o braço direito do chefe da organização, Abu Bakr al-Baghdadi, morto no sábado num raide das forças especiais norte-americanas em Idlib, na Síria. Qardash era o sucessor designado e já era o responsável pelo planeamento do dia-a-dia do Daesh, com Baghdadi a ser uma figura simbólica. O novo líder tem de provar o que vale e espera-se uma campanha de vingança num momento em que os Estados Unidos preparam a saída da Síria.