Quinze automóveis disputam o título de Carro do Mundo feminino

Os vencedores do título maior e das várias classes do Women’s World Car of the Year serão revelados durante o Salão do Automóvel do Dubai.

Carro
Fotogaleria
Os resultados serão anunciados no Salão do Automóvel do Dubai, Emirados Árabes Unidos, que acontece entre os dias 12 e 16 de Novembro Brendan McDermid/Reuters
,Carro elétrico
Fotogaleria
Audi e-Tron Quattro DR
,BMW 3 Series
Fotogaleria
BMW Série 3 DR
,Infiniti QX30
Fotogaleria
Citroën C5 Aircross DR
,Ford Escape
Fotogaleria
Ford Escape/Kuga DR
,Carro de tamanho médio
Fotogaleria
Hyundai Sonata DR
,KIA XCEED
Fotogaleria
Kia XCeed DR
,Veículo utilitário esportivo
Fotogaleria
Lexus UX DR
,Hatchback
Fotogaleria
Mazda 3 DR
,carrera
Fotogaleria
Porsche 911 DR
,Carro
Fotogaleria
Range Rover Evoque DR
,Peugeot 208
Fotogaleria
Renault Clio DR
,Veículo elétrico
Fotogaleria
Tesla Model 3 DR
,Sedan
Fotogaleria
Toyota Corolla DR
,Crossover
Fotogaleria
Volkswagen T-Cross DR
,Veículo de luxo
Fotogaleria
Volvo S60 DR

Há 15 automóveis a disputar o título de Women’s World Car of the Year, numa edição em que foram estabelecidas seis classes: Ecológico, Familiar, Luxo, Performance, SUV/Crossover e Urbano.

Os finalistas foram apurados a partir das indicações de 36 juradas, em representação de 31 países, Portugal incluído, sob as condições de qualquer modelo proposto ter de ser obrigatoriamente comercializado em mais de dez mercados e ter sido lançado entre Setembro de 2018 e o mesmo mês de 2019. Cada jurada foi convidada “a nomear o Top 10 de uma lista de carros elegíveis” e, posteriormente, “essas indicações foram reunidas e colocadas nas várias categorias”, incluindo a do título maior, explica a organização em comunicado.

“Naturalmente que cada pessoa vê o automóvel de forma diferente, independentemente do género, mas há estatísticas — o sector automóvel, aliás, gasta milhões nestas acções — que indicam que a mulher compra um carro primeiro tendo em conta a segurança e depois o valor real; só depois vêm os itens de transporte e fantasia”, explica Sandy Myhre, a neozelandesa fundadora do Women's World Car of the Year, sublinhando a pertinência de um prémio automóvel atribuído por mulheres jornalistas do sector

A partir de agora, cada jurada dispõe de uma bolsa de pontos para distribuir pelos vários modelos apurados: no caso do Carro do Ano, há 25 pontos para distribuir, sendo que não se pode atribuir o mesmo valor a dois modelos; nas classes, com três candidatos cada, há 15 pontos para atribuir, de acordo com as mesmas premissas

Os votos serão contabilizados e tratados pela empresa de consultoria independente Grant Thornton, que informará ainda o resultado de duas outras escolhas: do prémio Carro de Sonho, uma escolha anual em homenagem à jurada-fundadora norte-americana Holly Reich, falecida em 2016; e o Prémio Mulher de Valor que, pela segunda vez na história do Women's World Car of the Year, distingue uma mulher que tenha contribuído significativamente para a indústria ou para o desporto automobilísticos.

Os resultados do Carro Mundial do Ano 2019 para mulheres serão anunciados no Salão do Automóvel do Dubai, Emirados Árabes Unidos, realizado no Dubai World Trade Center, entre os dias 12 e 16 de Novembro de 2019.

Criado em 2009, o prémio maior já foi entregue dez vezes: Jaguar XF (2010), Citroën DS3 e BMW Série 5 (2011), Range Rover Evoque (2012), Ford Fiesta Ecoboost (2013), Mercedes-Benz Classe S (2014), Volvo XC90 (2015), Jaguar F-Pace (2016), Hyundai Ioniq (2017) e Volvo XC-40 (2018).