Michael Jordan abre a primeira de duas clínicas para pobres

A clínica representou um investimento de cerca de 6,2 milhões de euros do jogador e da sua família e fornecerá acesso vital a cuidados de saúde a pessoas da comunidade.

,Consultório
Fotogaleria
O jogador no dia da inauguração da clínica Novant Health
Fotogaleria
Novant Health

O basquetebolista Michael Jordan abriu na quinta-feira a primeira de duas clínicas médicas que o próprio financiou para prestar assistência aos cidadãos mais necessitados da cidade de Charlotte, no Estado norte-americano da Carolina do Norte. O espaço de cuidados de saúde é uma parceria entre o jogador, a sua família, e a rede de clínicas Novant Health.

Aquele que é considerado quase por unanimidade como o melhor jogador de sempre (foi por seis vezes campeão da NBA) e que é, desde 2010, proprietário da equipa Charlotte Hornets (Bobcats) esteve na quinta-feira na inauguração da nova clínica, a Novant Health Michael Jordan Family Medical Clinic, que representou um investimento de 7 milhões de dólares (cerca de 6,2 milhões de euros). Emocionado, Jordan disse que estava muito feliz por poder retribuir para uma comunidade que o apoiou muito ao longo dos anos. 

A clínica, localizada na maior cidade da Carolina do Norte e numa zona onde residem cidadãos com poucas possibilidades, fornecerá acesso vital a cuidados primários e preventivos às pessoas da comunidade, incluindo àqueles que não possuem um seguro de saúde ou cujo seguro não cobre muitas das suas despesas. 

“É do coração. Estou aqui diante de vocês como um pai e filho orgulhoso, um membro desta comunidade”, disse o jogador de 56 anos na inauguração do espaço de cuidados médicos, acrescentando que a sua família merece tanto crédito quanto ele pelo investimento na clínica. “Vocês vêm o meu nome, mas há muitas pessoas por trás de mim. O compromisso, principalmente o da minha mãe, de cuidar de outras pessoas e de fazer parte de uma comunidade é o que importa”.

Através do Twitter, a Novant Health escreveu que, graças ao investimento dos jogadores, os “residentes de Charlotte com baixo rendimentos e de todas as idades têm agora acesso aos cuidados médicos de que precisam, com ou sem seguro”.

Michael Jordan é um residente de longa data da cidade e chegou a jogar pela Carolina do Norte quando estava na faculdade, isto antes de iniciar a sua carreira no Chicago Bulls.