Turquia atira-se de cabeça na guerra da Síria ao atacar curdos

“Grande pânico” no terreno, dizem as forças curdas. Retirada norte-americana da região viabilizou ofensiva turca. Aliados da NATO condenam intervenção e pedem recuo.

Fotogaleria
Explosão na cidade síria de Tel Abiad,Explosão na cidade síria de Tel Abiad Reuters/REUTERS TV,Reuters/REUTERS TV
Fotogaleria
Combatente das SDF em posto de controlo perto da fronteira com a Turquia EPA/STRINGER

A Turquia iniciou esta quarta-feira a ofensiva no Nordeste da Síria contra os curdos das Forças Democráticas Sírias (SDF). A operação foi anunciada pelo Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, que pretende criar uma “zona segura” numa área dominada pelos curdos e instalar cerca de dois milhões de refugiados sírios árabes para mudar a demografia da região.