Apoio à compra de táxis eléctricos só teve três candidaturas aprovadas

Linha de 200 mil euros para a descarbonização do sector devia ter acabado em Abril mas prazo de candidaturas foi prolongado para 15 de Dezembro por falta de adesão.

Foto
Paulo Pimenta

A linha de apoio à compra de táxis eléctricos e de pontos de carregamento, lançada em Abril, foi prorrogada até ao final do ano devido à falta de adesão. Inicialmente, o apoio à descarbonização da frota de táxis, composto por 200 mil euros, deveria ter acabado no final de Julho.