Elisa Ferreira promete lutar para obter mais verbas para a política de coesão

Comissária indigitada para a pasta da Coesão e Reformas compareceu perante a comissão do Desenvolvimento Regional do Parlamento Europeu. Eurodeputados decidem esta quinta-feira se aprovam a sua nomeação.

Elisa Ferreira
Foto
Elisa Ferreira EPA/OLIVIER HOSLET

A candidata a comissária europeia nomeada por Portugal e indigitada para a pasta da Coesão e Reformas, Elisa Ferreira, aproveitou logo a primeira pergunta da sua audição no Parlamento Europeu para reclamar “o nível mais alto possível” para o financiamento da política de coesão e desfazer a ideia de que concorda com os cortes estimados em 10% no seu envelope financeiro, de acordo com a proposta de novo quadro financeiro plurianual apresentada pela Comissão Europeia para 2021-2027.