Entrevista

Vamos poder culpar os carros por um acidente?

A tecnologia de condução autónoma coloca perguntas difíceis. “Se não definirmos leis e não soubermos quem é responsável, as pessoas não vão querer entrar nestes veículos”, defende a especialista Dalit Ken-Dror Feldman, da Universidade de Haifa.

Veículo utilitário esportivo
Foto
"Não há resposta certas para estas questões", diz a académica Dalit Ken-Dror Feldman Nuno Ferreira Santos

A diminuição da sinistralidade rodoviária é das grandes promessas dos carros autónomos, uma tecnologia em que a condução é assegurada por computadores. Mas sem um humano ao volante, quem é responsável em caso de acidente?