Mao Zedong

Aos 70, a China procura voltar a ser o centro do mundo

O regime fundado por Mao há 70 anos estabeleceu-se como a segunda maior economia do planeta. Mas há um longo caminho até voltar a reclamar o estatuto de super-potência. E os perigos são muitos.

No ano passado, o grande sucesso da plataforma iQiyi, equivalente à Netflix na China, foi A História do Palácio Yanxi, uma série histórica passada entre os salões imperiais da dinastia Qing no século XVIII, que atraiu uma média de 530 milhões de espectadores por episódio. A trama cativou os chineses interessados pelos golpes palacianos, os amores entre senhores e concubinas, e até pelas roupas extravagantes dos cortesãos. Mas este ano, a programação oferecida aos amantes da ficção conheceu fortes mudanças.