Devolved Parliament, Banksy, 2009
Foto
Devolved Parliament, Banksy, 2009 DR

Obra em que Banksy substituiu deputados por chimpanzés vai a leilão

Numa altura em que o “Brexit” continua envolto em caos, a obra em que Banksy encheu o Parlamento britânico de chimpanzés vai a leilão em Outubro, na Sotheby’s. Estima-se que possa chegar aos dois milhões de euros.

O artista anónimo mais conhecido do mundo retratou, em 2009, o Parlamento britânico de uma forma bastante peculiar: substituiu os deputados por chimpanzés. A obra, que intitulou de Devolved Parliament, vai agora a leilão na Sotheby's e pode chegar aos dois milhões de euros. 

A pintura, com quatro metros de comprimento, foi exposta pela primeira vez no Museu de Bristol, cidade onde Banksy nasceu. Depois de ter sido comprada por um coleccionador anónimo, regressou este ano novamente ao Museu de Bristol a título de empréstimo, onde foi apresentada simbolicamente a 29 de Março, a primeira data prevista para a saída do Reino Unido da União Europeia.

Irónico é pensar que esta obra – apresentada pela primeira vez na exposição Banksy vs Bristol Museum – foi criada há dez anos, altura em que ainda se estava muito longe de abordar o tema “Brexit”. Ganha agora uma nova actualidade à luz do caos político que se vive no Reino Unido. Recorde-se que a saída sem acordo está marcada para 31 de Outubro.

A obra vai estar exposta de 28 de Setembro a 3 de Outubro na Sotheby’s, em Londres, e será leiloada no último dia. Estima-se que o quadro possa ser arrematado por 1,5 a 2 milhões de libras (entre 1,6 e 2,25 milhões de euros). Actualmente o recorde de Banksy é de 1,87 milhões de libras com a obra Keep It Spotless, vendida em 2008, em Nova Iorque.