Opinião

Na política o jogo de máscaras não tem fim

A política tornou-se um terreno cada vez mais escorregadio e até alucinante – como continuamos a constatar através de tantas situações que se sucedem pelo mundo

A política sempre foi um jogo de máscaras, mesmo que não a devamos reduzir a isso, desvalorizando o seu capital representativo e democrático indispensável às sociedades civilizadas. Mas quando esse jogo ameaça sobrepor-se a tudo o mais e se falseiam as regras do confronto democrático, transforma-se a política no reino da confusão onde tudo se mistura e os programas partidários tendem a reduzir-se a golpes de prestidigitação.