Mommy Talks querem esclarecer dúvidas sobre a maternidade

O evento que reúne especialistas em saúde e bem-estar decorre no dia 12 de Outubro, na Universidade Atlântica, em Barcarena, Oeiras.

Foto
Kim Kyung Hoon/Reuters

As dúvidas na maternidade são muitas e vão do período preconcepcional, passando pela gravidez, até aos primeiros anos do bebé. Com o excesso de informação é difícil saber qual é o melhor caminho a seguir, mas a Essence Prime Care, uma clínica de bem-estar, quer ajudar através das Mommy Talks — um evento destinado a mães e futuras mães (sem esquecer os pais) — que vai reunir especialistas no próximo dia 12 de Outubro, na Universidade Atlântica, em Barcarena, Oeiras. 

Durante um dia decorreram várias talks ou conferências. A higienista oral Soraia Cunha, por exemplo, vai falar sobre a saúde oral na gravidez e os primeiros dentes do bebé; já a nutricionista Mafalda de Almeida vai abordar a questão da alimentação durante a gestação e a enfermeira Rita Pinto vai falar sobre medidas não farmacológicas de controlo de dor. 

De acordo com Filipa Teles, da Essence Prime Care, é importante ter a presença das mães neste evento, mas também dos pais. “Acho que é benéfico para os pais perceberem como é que podem ajudar, não só os bebés e as crianças, mas também as mães na fase de pós-parto”, justifica ao PÚBLICO, reforçando que “a fase de preconcepcional não é só dirigida às mães, é ao casal no seu todo”.

Este evento está também procupado com a “maternidade ecológica”. Segundo Filipa Teles, o objectivo é “desmistificar a questão da ecologia”. “Algumas medidas que têm sido tomadas, como o banir completamente o plástico, vamos tentar mostrar, até de um ponto de vista estatístico, o que é que faz sentido, sempre pegando em estudos e fontes credíveis”, continua. O objectivo, diz, “é compreender que outras possibilidades temos: que fraldas podem utilizar, toalhitas reutilizáveis”, entre outros. 

A Medicina Tradicional Chinesa é um dos pilares da Essence Prime Care e também a especialidade de Filipa Teles, no entanto, esta não vai ser muito abordada no evento. Apesar disso, esta terapia alternativa pode ser uma “aliada” não só durante a gestação, mas também no período preconcepcional. Durante a gravidez, esta terapia pode ajudar em “questões de dor, enjoos, náuseas, azia, dores de cabeça, insónias, estados depressivos ou de ansiedade” continua a profissional. As inscrições são até ao dia 5 de Setembro, aqui