Moçambique: à terceira é de vez?

As eleições de Outubro em Moçambique ajudaram a acelerar o novo acordo de paz, que estava a ser negociado desde 2016 e vai ser assinado esta terça-feira. Antes disso, houve centenas de rondas negociais complexas e uma decisão simples: afastar os mediadores.

,RENAMO
Foto
As negociações entre Nyusi e Dhlakama culminaram no muito noticiado encontro na Gorongosa de Agosto de 2017 GABINETE DE IMPRENSA DO PRESIDENTE DE MOÇAMBIQUE/LUSA

Haverá mil razões para Moçambique ter conseguido chegar ao terceiro acordo de paz, que será assinado esta terça-feira em Maputo. De todas, uma foi decisiva. Resume-se na palavra “telefone”.