Há uma nova aventura de Corto Maltese

A terceira aventura de BD assumida pela dupla espanhola Rúben Pellejo e Juan Diaz Canales desde a morte de Hugo Pratt será publicada em Outubro, em Itália, e em Novembro, em França.

Foto
O novo volume da saga Corto Maltese será publicado em Itália a 28 de Outubro (pela Rizzoli Lizard) e em França a 6 de Novembro (pela Casterman) dr

Corto Maltese, o marinheiro errante, carismático e apólida criado pelo italiano Hugo Pratt em 1967 torna a regressar com um novo volume: Il Giorno de Tarowean (O Dia de Tarowean, numa tradução literal) . Rúben Pellejo e Juan Diaz Canales, a dupla espanhola que herdou o legado de Pratt, continua determinada em motivar novos leitores a descobrirem o universo Maltese.

Há quatro anos, marcando duas décadas desde a morte de Hugo Pratt, foi publicado Sob o Sol da Meia-Noite, uma sequela da icónica primeira aventura do marinheiro, A Balada do Mar Salgado. Em 2017 saiu Equatória, onde Corto Maltese se embrenha pelas florestas equatoriais africanas.  Il Giorno de Tarowean fala dos acontecimentos que antecedem A Balada, antes de o protagonista ser abandonado à sua sorte pelos marinheiros revoltosos do navio que comandava.

As primeiras páginas de Tarowean levam-nos à Tasmânia, no ano de 1912. Corto Maltese e Rasputin salvam um homem chamado Calaboose, que estava preso numa ilha deserta. Levam-no pelo Índico até ao Bornéu, onde irão encontrar um poderoso sultão inglês que domina a exploração da árvore da borracha pelos nativos, recurso natural indispensável ao Império Britânico. Corto Maltese serve de intermediário entre os indígenas em revolta e o sultão.

O volume será publicado em Itália a 28 de Outubro pela Rizzoli Lizard e em França a 6 de Novembro pela Casterman BD.