Reportagem

Madeira: está o “melhor destino insular” da Europa a ser vítima do seu sucesso?

Durante muito tempo, foi um destino de aristocratas e burgueses. Nos anos 1960, abriu-se a outros estratos sociais. Fez do turismo o seu principal sector económico. Agora, recebe perto de dois milhões de pessoas por ano, contando com o meio milhão que viaja em cruzeiros. De onde vem e para onde vai o mais antigo e “melhor destino insular” da Europa?

Foto
Isabel Pereira é natural da Camacha, tem 80 anos e é florista há 65 Ana Marques Maia

“Aí vêm os ingleses!” Josefina Mendonça ouvia esta frase sempre que a mãe ou os irmãos avistavam turistas a aproximar-se. “Para nós, eram ingleses mesmo que fossem franceses, alemães ou de outra nacionalidade qualquer, não é?” Na Madeira, para muita gente, inglês é sinónimo de estrangeiro.