Bruxelas autoriza compra da SIVA pela Porsche

Comissão Europeia concluiu que a proposta da Porsche não levanta quaisquer problemas de concorrência.

Foto
Venda da SIVA, até agora no universo empresarial lierado por João Pereira Coutinho, já tem luz verde da Comissão Europeia NFS - Nuno Ferreira Santos

A Comissão Europeia autorizou hoje a aquisição das portuguesas SIVA e Soauto pela austríaca Porsche Holdings, um negócio que tinha sido anunciado em Maio.

Segundo um comunicado do executivo comunitário, a Porshe Holding Salzburg vai assumir o controlo total da Sociedade de Importação de Veículos Automóveis S.A. (SIVA), que comercializa as marcas Volkswagen, Audi e Skoda, e da Soauto SGPS S.A.

A Porsche Holding Salzburg é controlada pelo grupo Volkswagen, que, tal como as empresas agora formalmente adquiridas em Portugal, integram o mercado grossista e a retalho de veículos de passageiros, equipamentos e peças, bem como serviços de reparação.

Bruxelas concluiu que a proposta da Porsche não levanta quaisquer problemas de concorrência.

A Porsche anunciou a 1 de Maio que tencionava assumir a gestão da Sociedade de Importação de Veículos Automóveis (SIVA) no quarto trimestre deste ano, depois do anúncio do acordo para garantir a continuidade das operações em Portugal. 

“No seguimento da reestruturação, sujeita a escrutínio judicial e aprovação das autoridades da concorrência da UE, a Porsche Holding Salzburg (PHS) pretende assumir a responsabilidade da gestão operacional e comercial em Portugal no quarto trimestre de 2019”, foi anunciado então.

Na mesma altura, o empresário João Pereira Coutinho, maior accionista do grupo SAG, anunciou uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) para tirar a SAG de bolsa e a venda da SIVA, o negócio dos automóveis da empresa, aos alemães da Porsche pelo valor simbólico de um euro.

Sugerir correcção