Cavalo da GNR fugiu e atravessou o centro do Porto sozinho

Animal já foi recuperado.

Cavalo terá caminhado mais de dois quilómetros, no centro do Porto
Foto
Cavalo terá percorrido mais de dois quilómetros pelo centro do Porto Bruno Simões Castanheira (arquivo)

Um cavalo da GNR percorreu esta segunda-feira, sozinho, o centro do Porto, desde as Fontainhas até ao Carmo, em fuga depois de o militar se ter apeado para atender um transeunte, disse à Lusa fonte daquela força policial.

Segundo a fonte do Comando Territorial do Porto da GNR, o incidente ocorreu ao final da manhã na zona das Fontainhas, junto à Ponte do Infante, tendo o cavalo percorrido cerca de dois quilómetros até ao quartel.

Depois de o militar “ter tido necessidade de apear para dar uma informação a uma pessoa”, o cavalo, “ou com a aproximação de um transeunte ou devido ao trânsito, assustou-se e fez aquilo que faz sempre quando está sozinho, que é regressar a casa”, acrescentou a fonte.

No percurso até ao quartel, que fica junto ao Hospital Santo António, a GNR reconheceu a “anormalidade de haver um cavalo sozinho” em plena cidade do Porto, mas afastou a hipótese de “constituir perigo”, pois, frisou um cavalo “não faz mal a ninguém”.