Excêntrico, global e lisboeta: eis o álbum de Madonna

É um universo diverso. São três álbuns num álbum. Há romance, sexo e política, como em qualquer disco de Madonna, mas também alusões latinas e lisboetas, no novo e extravagante Madame X, que é editado a 14 de Junho. Relato de uma primeira escuta.

,Madame X
Foto

São pelo menos três álbuns num só. Há faixas que apontam para uma nova tendência da pop globalizada, sob a forma de canções inspiradas por ritmos e atmosferas latinas. Há incursões por variações do hip-hop como o trap, o dancehall jamaicano ou a pop electrónica de dança. E nota-se a influência da sua vivência em Lisboa, na maneira como foi absorvendo matrizes identitárias consensuais, como o fado, e outras mais recentes e em construção, como são as novas linguagens afro-portuguesas.