Lisboa e Berlim reforçam cooperação bilateral

Augusto Santos Silva está hoje em Berlim para reforçar a cooperação bilateral com a Alemanha no quadro europeu e dar início aos trabalhos de preparação do próximo trio de presidências.

Foto
Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros daniel rocha

Os governos de Portugal e da Alemanha assinam esta quarta-feira em Berlim um “plano de acção” para reforçar a cooperação bilateral entre os dois países. A iniciativa partiu de Berlim, em Novembro passado, e inclui-se no fortalecimento da cooperação bilateral com países com grande proximidade (“like-minded”, na linguagem diplomática) nas questões europeias. A Alemanha decidiu nessa altura começar por um grupo de países do qual fazem parte, além de Portugal, a Irlanda, a Eslovénia e a Finlândia – que têm em comum o facto de partilharem uma forte tradição europeísta e de situarem em geografias distintas da União Europeia. “A nossa política europeia quer ser tão próxima quanto possível do eixo franco-alemão”, disse ao PÚBLICO Augusto Santos Silva antes partir para Berlim, onde assinará este “plano de acção” com o seu homólogo alemão Heiko Maas. O Governo português tem como preocupação consolidar um novo eixo de cooperação europeu “de Lisboa a Berlim, passando por Madrid e por Paris”, tentando envolver a Holanda, como tem acontecido mais recentemente, com a visita de Mark Rutte a Lisboa em Abril passado.