Desemprego jovem atinge nível mais baixo desde 2008

Taxa de desemprego dos jovens recuou para 17,6% no primeiro trimestre de 2019. Arranque do ano aponta para uma subida do desemprego no total da população activa e para um recuo do emprego, sobretudo na indústria e nos sectores mais ligados ao turismo.

Foto
Emprego na indústria transformadora recuou no início do ano Miguel Manso

O arranque de 2019 trouxe boas notícias para os jovens. A taxa de desemprego nesta faixa etária recuou para 17,6% nos primeiros três meses do ano, alcançando o nível mais baixo desde o terceiro trimestre de 2008, quando o desemprego afectava 17,2% da população activa entre os 15 e os 24 anos. Os dados divulgados nesta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) contrastam com a subida global da taxa de desemprego pela primeira vez nos últimos três anos e com a redução trimestral do emprego, em particular na indústria e nos sectores mais ligados ao turismo.