,Urso Dourado

Adina Pintilie toca e não foge

Urso de Ouro em Berlim 2018, chega às nossas salas Não Me Toques: filme divisivo, confrontacional, provocante, sobre a intimidade e a sexualidade. Laura Benson, a actriz no centro do filme, fala de uma experiência íntima, visceral, construída ao longo de uma rodagem prolongada

No primeiro plano de Não Me Toques, a câmara de Adina Pintilie percorre lenta e deliberadamente um corpo masculino nu, passando (sem se deter) num pénis flácido, parte tão natural do corpo como outra qualquer, sem pruridos. Fica marcada a atitude de um filme que não tem problemas em assumir com naturalidade a sexualidade humana.