Fotogaleria

Do Rio de Janeiro a Nairobi, mundo fora a gritar pelo clima

Uma estudante em Londres, Reino Unido EPA/NEIL HALL
Fotogaleria
Uma estudante em Londres, Reino Unido EPA/NEIL HALL

Esta sexta-feira, 15 de Março, foi dia de marchar em defesa do clima, um pouco por todo o mundo. Tudo começou com a activista adolescente sueca Greta Thunberg, que se tornou uma voz activa na luta contra as alterações climáticas e motivou as greves climáticas que levaram milhares às ruas. De Berna a Berlim, do Rio de Janeiro a Nairobi (e também em Portugal), foram sobretudo jovens estudantes, mas as greves climáticas acolheram miúdos e graúdos, de todas as línguas. De cartazes e megafones em riste, as mensagens fizeram-se ouvir: “O nosso futuro está nas vossas mãos”, lia-se num dos cartazes; “É agora ou nunca”; “A juventude não esquecerá os financiadores da crise climática” ou ainda “Make the world Greta again” — em referência à jovem activista.

 

Vê também as imagens dos protestos em Portugal

Paris, França
Paris, França Reuters/GONZALO FUENTES
Berna, Suíça
Berna, Suíça EPA/PETER SCHNEIDER
Londres, Reino Unido
Londres, Reino Unido EPA/NEIL HALL
Berlim, Alemanha
Berlim, Alemanha EPA/FELIPE TRUEBA
Berlim, Alemanha