Cápsula da SpaceX regressa à Terra depois de seis dias no espaço

A NASA mostrou como a Crew Dragon concluiu a viagem, que considerou histórica, ao mergulhar no Oceano Atlântico.

Fotogaleria
NASA TV
Fotogaleria
NASA TV
Fotogaleria
Reuters
Fotogaleria
NASA TV
Fotogaleria
NASA TV
Fotogaleria
NASA TV

A cápsula espacial Crew Dragon, da empresa SpaceX, regressou à Terra pelas 8h45 (hora local, 13h45 em Portugal Continental) desta sexta-feira. O aparelho amarou em segurança no Oceano Atlântico, a 200 milhas do Cabo Canaveral, na costa norte-americana da Florida, e encontra-se intacto depois de ter estado cinco dias na Estação Espacial Internacional e de resistir às elevadas velocidades e temperaturas no regresso ao planeta.

A Crew Dragon foi o primeiro veículo espacial construído e operado por uma empresa comercial norte-americana para que humanos aterrem na Estação Espacial Internacional. A cápsula foi lançada no sábado a bordo de um Falcon 9, perto do centro espacial Kennedy, na Florida, e amarou no domingo, depois de realizar 18 órbitas à Terra.

O aparelho transportou 180 quilos em mantimentos para os astronautas que se encontram na estação espacial e um manequim de teste, ao qual foi dado o nome de Ripley, numa referência à personagem da saga de filmes Alien, do realizador Ridley Scott. Este “passageiro” foi equipado com sensores para se perceber o impacto da viagem nos seres humanos.

Após o sucesso da viagem, a SpaceX, detida pelo empresário Elon Musk, poderá transportar dois astronautas já neste Verão, ao abrigo do programa comercial tripulado da NASA. A próxima missão será em Junho, mas outras empresas privadas financiadas pela agência espacial norte-americana, como a Boeing ou a Orbital, podem ser seleccionadas para construir e operar novas cápsulas para transporte de astronautas de e para a estação espacial.