“Racista, aldrabão e vigarista”: Michael Cohen foi ao Congresso ler o seu Manifesto Anti-Trump

Numa longa e dura audição no Congresso, Michael Cohen comparou Donald Trump a um chefe da máfia, e acusou-o de o ter obrigado a mentir sobre os pagamentos para abafar relações extraconjugais.

Subscreva o programa Fogo e Fúria no iTunes, SoundCloud, Spotify e nas aplicações para podcasts. Descubra outros programas em publico.pt/podcasts.