Amílcar Falcão eleito reitor da Universidade de Coimbra

Conselho Geral da UC precisou de uma segunda volta para eleger actual vice-reitor.

Foto
Paulo Pimenta

O Conselho Geral da Universidade de Coimbra (UC) escolheu um dos actuais vice-reitores de João Gabriel Silva para dirigir a instituição nos próximos quatro anos. Numa nota enviada aos jornalistas a meio da tarde desta segunda-feira, a UC informa que Amílcar Falcão foi eleito reitor da UC entre os quatro candidatos. A votação teve de ir a segunda volta para que um deles tivesse maioria absoluta.

Aos 54 anos, o professor catedrático de Farmácia, Amílcar Falcão, sucede assim a João Gabriel Silva, reitor da UC desde 2011, que cumpriu dois mandatos à frente da instituição, o máximo permitido. A tomada de posse está marcada para 1 de Março, dia da Universidade de Coimbra.

A escolha na segunda volta foi entre Amílcar Falcão e o professor catedrático de informática, Ernesto Costa. O vice-reitor obteve 19 votos, contra 15 do candidato que ficou em segundo lugar, confirmaram dois membros do Conselho Geral ao PÚBLICO.

Na primeira volta, Amílcar Falcão obteve 17 votos e Ernesto Costa 12. O actual director da Faculdade de Letras da UC, José Pedro Paiva, conseguiu 5 votos. Uma das novidades desta eleição, a primeira candidata externa à UC a ir a votos, a astrónoma brasileira Duília de Mello, não conseguiu obter qualquer voto.

O Conselho Geral da Universidade de Coimbra é constituído por 35 elementos, dez dos quais externos à instituição. Na reunião plenária desta segunda-feira, que decorreu à porta fechada, participaram 34 membros.

No comunicado, a Universidade de Coimbra não refere qual o número de votos que cada um dos quatro candidatos teve. Ao PÚBLICO, o presidente do Conselho Geral, João Caraça, diz apenas que eleição do novo reitor precisou de uma segunda volta para que se verificasse uma maioria absoluta. Acrescenta que a informação sobre a votação será publicada em acta para a comunidade académica, sendo que terá, primeiro, que ser homologada pelo ministro da Ciência e Ensino Superior, Manuel Heitor.

Natural da Nazaré, Amílcar Falcão integrou a equipa de João Gabriel Silva nos dois mandatos e é actualmente responsável pelas pastas da investigação, inovação, fundos estruturas, desporto e bibliotecas. É também o director do Instituto de Investigação Interdisciplinar desde 2013. Antes disso foi director da Faculdade de Farmácia da UC.

Ao PÚBLICO, a uma semana da votação, o candidato defendia um maior investimento na investigação, criando mecanismos para melhorar “a capacidade de apoio a todos os investigadores na preparação e submissão de projectos.

O reitor recém-eleito apresentou-se a eleições com um programa de acção com o mote “Citius, Altius, Fortius”, mas rejeitava que o facto de fazer parte da equipa de João Gabriel Silva significasse que o seu projecto fosse de continuidade. “Sempre fui solidário [com o reitor], o que não quer dizer que não tenha havido divergências em algumas situações. Temos ideias diferentes”, afirmava.