Shopping

Depois do cão, chega o porco para festejar o Ano Novo chinês

O porco é o último animal do zodíaco chinês, um símbolo de prosperidade e felicidade.

Fotogaleria
Veja na fotogaleria algumas peças inspiradas no ano do porco UNSPLASH/ Andy Cat
Fotogaleria
Carteira Longchamp, disponível por encomenda no site, mediante inscrição no mesmo (225 euros)
Fotogaleria
Brincos VivienneWestwood (270 euros),Brincos VivienneWestwood (270 euros)
Fotogaleria
Lenço Salvatore Ferragamo (310 euros)
Fotogaleria
Relógio Chopard (22.600 euros)
Fotogaleria
Capa de telemóvel da Bershka (5,99 euros)
Fotogaleria
Mala Bottega Veneta (1350 euros)
Fotogaleria
Colar Monica Vinader, disponível na Net-a-Porter (98 euros)
Fotogaleria
Carteira Strathberry (295 libras, aproximadamente 337,70 euros),Carteira Strathberry (295 libras, aproximadamente 337,70 euros) ,
Fotogaleria
Ténis Gucci (575 euros)
Fotogaleria
Cabide de parede da Loja do Gato Preto (7,95 euros)
Fotogaleria
Paliteiro da Bordallo Pinheiro (30 euros)
Fotogaleria
Protectores de cabos da Urban Outfitters (10 euros)
Fotogaleria
Relógio Jaquet Droz (31.700 euros)
Fotogaleria
Peluches do Ikea (3 euros)
Fotogaleria
Lenço de seda da Louis Vuitton (350 euros),Lenço de seda da Louis Vuitton (350 euros) ,
Fotogaleria
Recipiente da H&M (6,99 euros)
Fotogaleria
Ténis Stuart Weitzman (235 euros)
Fotogaleria
Colar French Connection (6 euros)

Os chineses dão as boas vindas ao novo ano no dia que sucede à noite de Lua Nova, ou seja, já esta terça-feira, dia 5. Com o ano novo é altura de dizer adeus ao Cão e olá ao Porco, fechando assim um ciclo de 12 anos – que diz respeito aos 12 signos.

O Porco é o último signo do horóscopo chinês e é considerado um símbolo de prosperidade e felicidade, explica Margarida Mascarenhas, técnica do Museu do Oriente, em Lisboa​. Com a chegada do Ano Novo, também denominado como Festa da Primavera, é tempo de fazer um balanço daquilo que passou e do que está para vir. De acordo com a técnica do Museu do Oriente prevê-se “um ano auspicioso para todos os 12 signos, porque o porco vai atrair sucesso. Pode ser um ano bom para se investir, um ano calmo e com alegria”.

Há quem pense que signos como o Dragão e o Cavalo são os mais nobres, mas desengane-se. “Na China, os pais querem que os filhos sejam do signo Porco”, diz Margarida Mascarenhas. É que o Dragão, embora seja frequentemente associado aos imperadores, é também um signo que pode sugerir alguma instabilidade, explica. 

O horóscopo chinês está dividido em 12 signos – Rato, Boi, Tigre, Coelho, Dragão, Serpente, Cavalo, Cabra, Macaco, Galo, Cão e Porco –, e cinco elementos – madeira, fogo, terra, metal e água. No calendário oriental, 2019 representa o fim de um ciclo de 60 anos, que se fecha com o “Porco de Terra”, isto significa que as pessoas nascidas durante este ano podem ser caseiras, esforçadas e materialistas.

Em Portugal, as tradições orientais têm ganho cada vez mais adeptos. Margarida Mascarenhas considera que as pessoas estão mais sensibilizadas e atentas para esta cultura. As festas e eventos também se têm multiplicado, por exemplo, em Lisboa. Durante todo o mês de Fevereiro e até Março, o Museu do Oriente vai organizar ateliês, workshops e exposições para todas as idades. No próximo fim-de-semana, há uma Feira Tradicional na Alameda Dom Afonso Henriques, nos dias 9 e 10. Nesse sábado, haverá o desfile que percorre a Avenida Almirante Reis. Antes disso, na sexta-feira, a Companhia Nacional de Ópera de Pequim vai actuar no Teatro Nacional de São Carlos, em Lisboa.

O ano do Porco termina a 24 de Janeiro de 2020, altura em que o Rato se irá apoderar do calendário oriental. Até lá, inspire-se na fotogaleria em cima para entrar no espírito do novo ano chinês.

Texto editado por Bárbara Wong