Depressão Helena traz vento com rajadas até 110 km/hora

Na sexta-feira, o litoral estará sob aviso vermelho devido à agitação marítima.

Foto
Paulo Pimenta

Portugal continental vai ser afectado na sexta-feira por uma depressão que vai causar agitação marítima e vento forte com rajadas até 110 quilómetros por hora, o que levou à emissão de aviso laranja, segundo o IPMA. Na sexta-feira, o litoral estará sob aviso vermelho devido à agitação marítima. 

"Amanhã [sexta-feira] vamos ter uma intensificação significativa do vento sobretudo no litoral e nas terras altas com rajadas no litoral oeste de 75 km/hora e de 85 km/hora a norte do cabo Raso, atingindo a região da Grande Lisboa. No entanto, será no litoral a norte do Cabo Mondego que as rajadas serão mais intensas podendo atingir os 110 quilómetros por hora", explicou à agência Lusa a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), Maria João Frada. Acrescentando que as rajadas de vento também poderão atingir os 110 km/hora nas terras altas do Minho e Douro Litoral e da região Centro.

Esta será a velocidade da rajada mais forte — a rajada média, na totalidade do território, será de 55 km/h, explicou fonte do IPMA ao PÚBLICO. Como comparação, durante o furacão Leslie, o vento médio era de 110 km/h, com rajadas de 145 km/h.

No litoral, as ondas deverão "ter altura significativa de 5 a 7 metros, e temporariamente a norte do cabo Raso, 7 a 8 metros durante a tarde e início da noite, e altura máxima que poderá atingir 15 metros", explica o IPMA no site. Tudo isto justificou o aviso vermelho, o mais grave na escala de quatro. 

A depressão Helena, centrada a noroeste do golfo de Biscaia, vai afectar Portugal continental em particular no que diz respeito ao vento e à agitação marítima na costa ocidental.

Recorde-se que a passagem da tempestade tropical Leslie nas zonas mais afectadas de Portugal terá causado ventos de 180 a 190 quilómetros/hora, superiores aos registados nas estações meteorológicas oficiais, estimou nesta terça-feira o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Sugerir correcção