Miguel Morgado diz que Presidente da República “não decide” sobre o PSD

Eventual candidato à liderança do PSD critica Marcelo Rebelo de Sousa por se reunir com Rio e Montenegro.

Foto
Nuno Ferreira Santos

Miguel Morgado, deputado e membro do Conselho Nacional do PSD, que já manifestou a sua intenção de se candidatar à liderança do partido no caso de serem marcadas eleições internas, declarou ao PÚBLICO que o Presidente da República não deve interferir na vida interna do PSD e que Marcelo Rebelo de Sousa “não decide” sobre a vida interna do partido.

Manifestando a sua perplexidade pelo facto de o Presidente da República ter recebido o líder do PSD, Rui Rio, na sexta-feira e ir receber segunda-feira Luís Montenegro que anunciou a sua candidatura a líder, Morgado afirma: “Não quis acreditar quando vi, não compreendo, sinceramente, que Rui Rio e Luís Montenegro falem com o Presidente da República sobre a vida interna do PSD.”

Morgado defende que, “neste momento da vida interna do PSD, são os órgãos próprios do partido e os seus militantes que mandam nele, não o Presidente da República, por mais estimável que seja e mesmo sendo militante”. E frisou: “não é o Presidente da República que decide ou deixa de decidir o que quer que seja no PSD.”