Xavi vai pendurar as chuteiras para ser treinador

O futebolista espanhol está no Qatar, onde terminou a carreira como jogador e deverá aí começar o percurso como treinador.

Xavi Hernandez ganhou tudo o que havia para ganhar no Barcelona e na selecção de Espanha
Foto
Xavi Hernandez ganhou tudo o que havia para ganhar no Barcelona e na selecção de Espanha Reuters/ALBERT GEA

O espanhol Xavi Hernández, ex-jogador do Barcelona que actua desde 2015 no Al-Sadd, do Qatar, treinado por Jesualdo Ferreira, anunciou que vai pôr o fim da carreira de futebolista no final da temporada para começar a de treinador.

"É a minha última época. Faço 39 anos em Janeiro e acho que é hora de dizer adeus", disse o campeão mundial de 2010 à rádio espanhola Cadena Ser num programa transmitido na noite de quinta-feira.

O histórico médio do Barcelona, que soma 133 internacionalizações pela Espanha, renovou em Maio por dois anos com o clube Al-Sadd, de Doha, mas anunciou agora a intenção de iniciar no Qatar a sua carreira de treinador.

Um dos jogadores indiscutíveis da época de ouro do Barcelona e da selecção espanhola, Xavi deixou o clube catalão em 2015 para se juntar ao Al-Sadd, do Qatar, orientado pelo treinador português Jesualdo Ferreira.

"A ideia é começar [a treinar] aqui no Qatar, para acumular experiência. Testar-me a mim mesmo. É uma nova etapa em que vou começar do zero", disse Xavi, acrescentando que ainda não está, para já, a pensar treinar o Barcelona.