Alegados burlões fazem-se passar por médico e inspector de saúde

Os dois suspeitos andam a bater de porta em porta, questionando os moradores se têm médico de família e sobre os medicamentos que tomam

Imagem de arquivo
Foto
Imagem de arquivo Paulo Pimenta

Dois homens estão a fazer-se passar por médicos e inspectores da saúde junto da população de algumas localidades do concelho de Alenquer, alertaram nesta sexta-feira a câmara municipal e o Agrupamento de Centros de Saúde do Estuário do Tejo.

De acordo com um comunicado daquelas duas entidades, chegaram ao Centro de Saúde de Alenquer, no distrito de Lisboa, relatos sobre dois homens que, na última semana, andaram "a bater de porta em porta" em localidades da freguesia de Abrigada, questionando os moradores se têm médico de família e sobre os medicamentos que tomam.

Os dois suspeitos identificam-se como sendo um médico e um inspector de saúde.

O Agrupamento de Centros de Saúde do Estuário do Tejo, ao qual pertence o Centro de Saúde de Alenquer, esclareceu que não tem em curso qualquer campanha a decorrer e que os dois homens não pertencem à unidade.

As duas entidades alertam os cidadãos para que "não lhes facultem qualquer informação" e, se abordados, alertem de imediato a GNR. Contactada pela Lusa, fonte da GNR disse que não se registaram quaisquer queixas por burla, nem esta força de segurança tem conhecimento do que se está a passar.