Membro de La Manada detido por tentativa de roubo e agressão

Ángel Boza tentou roubar um par de óculos de sol num El Corte Inglés de Sevilha e, enquanto tentava fugir, atropelou dois seguranças do centro comercial.

Foto
Ángel Boza, membro de La Manada LUSA/RAUL CARO

Um dos membros do La Manada, o grupo que abusou sexualmente uma jovem em Pamplona em 2016, foi detido, nesta quinta-feira num centro comercial de Sevilha, sem possibilidade de pagar fiança, por ter tentado roubar um par de óculos de sol.

Ángel Boza, de 26 anos, terá tentado roubar um par de óculos de sol no valor de 200 euros num El Corte Inglés da cidade andaluza, durante a tarde de quarta-feira. Já no parque de estacionamento do centro comercial, foi interceptado por dois seguranças e, na tentativa de fuga, atropelou-os. Os dois ficaram feridos sem gravidade. Mais tarde seria apanhado numa rua de Sevilha por dois agentes da polícia e detido, conta o El Mundo.

Neste momento aguarda a decisão do Tribunal de Sevilha, que decidirá se o membro do grupo La Manada cumpre pena de prisão efectiva ou em liberdade condicional. Recorde-se que Ángel Boza e mais quatro membros do grupo La Manada foram condenados pelo Tribunal de Navarra a uma pena de nove anos em liberdade condicional pelo abuso sexual de uma jovem de 18 anos, durante as festas de San Fermin de 2016, em Pamplona.

Agustín Martínez, o advogado de Boza ouvido pelo El País, diz que, se for preso, será devido aos acontecimentos desta quinta-feira e não pelo agravamento da pena aplicada anteriormente: “O disposto pelo que aconteceu em Pamplona cumpre-se rigorosamente. Não faz sentido que [as medidas cautelares] se ampliem.”

Não é a primeira vez que Ángel Boza é apanhado a roubar óculos de sol — também em Pamplona terá tentado roubar cinco pares, de acordo com o El País.