O Caçador, de Michael Cimino, volta aos cinemas 40 anos depois

A 4 de Julho, no Reino Unido e na Irlanda, o filme do falecido realizador norte-americano será apresentado nas salas com uma nova cópia digital em resolução 4K.

Christopher Walken, Michael Cimino, Robert De Niro, O Caçador De Veados, John Savage, Meryl Streep, Nick, Filme
Foto
Uma das glórias do cinema americano dos anos 70 está de regresso

Para assinalar as quatro décadas que se passaram desde a estreia de O Caçador (The Deer Hunter, no original), o filme de Michael Cimino (1939-2016) vai regressar às salas do Reino Unido e da Irlanda a 4 de Julho, numa nova versão restaurada em resolução 4K. Além disso, a 3 de Agosto, esse restauro estará disponível nesse mesmo território em Blu-Ray, numa edição para coleccionadores.

Com mais de três horas de duração e um elenco que inclui Robert De Niro, Christopher Walken, John Savage, Meryl Streep ou John Cazale, a obra épica anti-guerra centra-se num grupo de operários fabris de uma pequena cidade da Pensilvânia que combatem no Vietname no final dos anos 1960, e no efeito que o conflito tem sobre eles, após o regresso. O segundo – e mais bem sucedido – filme de Cimino como realizador, é um dos dois títulos norte-americanos de 1978 sobre os efeitos da guerra naqueles que foram lutar. O outro foi O Regresso dos Heróis (Coming Home), de Hal Ashby, um dos grandes rivais de The Deer Hunter nos Óscares desse ano – O Caçador foi nomeado para nove Óscares e ganhou cinco, incluindo prémios para Cimino e Walken, enquanto o filme de Ashby saiu da cerimónia com três.

Foi o segundo e mais bem-sucedido filme de Michael Cimino (1939-2016), aquele que o firmou como um dos grandes talentos da Nova Hollywood, reputação que foi ofuscada dois anos depois com o enorme flop que foi As Portas do Céu, o que ajudou a pôr fim a essa era do cinema norte-americano e levou ao colapso do estúdio United Artists. Além disso, O Caçador foi o último filme do lendário actor John Cazale, que viria a morrer pouco após completar a rodagem.