Federação espanhola troca Lopetegui por Hierro a dois dias do jogo com Portugal

Seleccionador basco foi afastado e já se despediu dos jogadores da selecção.

Seleção Espanhola de Futebol, Espanha, Copa do Mundo
Foto
Lopetegui durante treinos desta semana em Krasnodar, na Rússia reuters

Era uma possibilidade real mas apanhou mesmo assim toda a gente de surpresa. Julen Lopetegui foi destituído do cargo de seleccionador pela Federação Espanhola de Futebol e já se despediu dos jogadores da selecção, antes de seguir para Espanha.

O anúncio foi feito em Krasnodar, na Rússia, pelo próprio presidente do organismo que tutela o futebol espanhol, Luis Rubiales, que, pouco depois de ter revelado a saída de Lopetegui, fez saber que a escolha interina para substituir o basco recaiu em Fernando Hierro, que era director desportivo da federação.

“Vamos mexer o menos possível”, garantiu Rubiales na sala de conferências de imprensa do ultra-moderno Estádio de Krasnodar (cidade do Sudoeste da Rússia) onde a Espanha tem o seu quartel-general, ao início da tarde desta quarta-feira. Inicialmente, o dirigente não confirmou quem estaria no banco para o encontro com Portugal, em Sochi, na próxima sexta-feira (19h), mas manifestou totalmente confiança na colaboração dos jogadores neste período de transição.

Rubiales salientou que sua decisão é uma questão de princípios, não se conformando por ter sido avisado da saída de Lopetegui - que tinha recentemente prolongado a sua ligação à selecção até 2020 - apenas cinco minutos antes do Real Madrid tornar pública a contratação do seleccionador para os próximos três anos.

“Ficámos numa situação muito complicada e estamos todos afectados", admitiu.

Tudo isto sucede a apenas dois dias do primeiro jogo da selecção espanhola, contra Portugal, em encontro relativo ao Grupo B do Mundial de futebol.