Ruth chega a Maputo, cidade-natal de Eusébio e centro do filme

No filme de António Pinhão Botelho, o papel do jovem Eusébio é interpretado pelo actor Igor Regalla, que contracena com a actriz moçambicana Josefina Massango, que faz de sua mãe.

A acção desenrola-se entre as cidades de Lourenço Marques e Lisboa
Foto
A acção desenrola-se entre as cidades de Lourenço Marques e Lisboa DR

Ruth, nome de código de Eusébio na viagem de Moçambique para Portugal, é o título do filme que é exibido esta quarta-feira, em antestreia, na capital moçambicana. Em foco está o futebolista, mas também a sociedade em que a vida de Eusébio ganhou fama ao chegar ao Benfica, em 1961, o mesmo ano em que começou a guerra colonial.

"É um filme basicamente de espiões", à volta de um mundo "castiço" e "aproveitando as duas sociedades" à época, uma em Moçambique, outra na "metrópole", refere António Pinhão Botelho, realizador da longa-metragem.

Igor Regalla, actor natural da Guiné-Bissau, interpreta Eusébio adulto, e contracena ao lado da actriz moçambicana Josefina Massango, que faz o papel de mãe, entre muitos outros actores do elenco.

"Tinha que vir aqui um poeta e explicar como deve ser aquilo que sinto e a honra que é dar vida a uma personalidade destas", referiu Regalla em Junho de 2017, à margem das filmagens, em Maputo. "É gratificante, uma responsabilidade enorme", acrescentou Massango.

A antestreia de Ruth, A História de Eusébio - o Pantera Negra, está marcada para as 17h45 (menos uma hora em Lisboa) nos cinemas Lusomundo do Maputo Shopping. O filme Ruth conta com o apoio do Instituto Nacional do Audiovisual e Cinema de Moçambique, do Conselho Municipal de Maputo, Câmara Municipal de Lisboa e Camões — Centro Cultural Português em Maputo.