Municípios põem CriAtividade no combate ao abandono e insucesso escolar

Projecto financiado por fundos comunitários coloca tutores nas escolas da área metropolitana do Porto

Mentores vão poder desenvolver projectos com os alunos
Foto
Mentores vão poder desenvolver projectos com os alunos Nelson Garrido

A Área Metropolitana do Porto (AMP) lança este sábado um projecto que visa o combate ao abandono e insucesso escolar com medidas destinadas a crianças e jovens que frequentam desde o Jardim de Infância ao Ensino Superior.

"Trata-se de um projecto que nasce de uma candidatura ao Quadro Comunitário, juntando os 17 Municípios. Tem subjacente o combate ao abandono e insucesso escolar, olhando para as temáticas das artes como formas de inclusão naquilo que diz respeito em particular ao 1.º ciclo", descreveu à agência Lusa o presidente da AMP, Eduardo Vítor Rodrigues.

O projecto chama-se "CriAtividade" e visa o acompanhamento de jovens e crianças através de um mentor, sendo que todos os inscritos podem participar em mostras e campeonatos. O programa poderá decorrer em comunidade de aprendizagem, escolas, colégios, ATLs, núcleos de associação de pais, num município, numa biblioteca ou numa universidade, entre outros espaços.

No 'site' de apoio ao projecto lê-se o seguinte apelo: "Está disponível para criar estas oportunidades a algum jovem? Então torne-se Mentor ou contacte-nos. Tudo faremos para que se torne uma realidade!". Pode ser mentor qualquer adulto que preencha o perfil descrito no programa, sendo, entre outros aspetos, requisito "ter competências pessoais enquanto 'creative problem solver'" ou o "gosto por trabalhar em colaboração com jovens". Também é necessária disponibilidade para exercer funções como trabalhador independente e indispensável ter residência em Portugal Continental ou Ilhas.

"A AMP tem uma reivindicação e uma luta por questões que têm a ver com a educação no que diz respeito à intervenção municipal. Neste caso foi uma linha de financiamento que surgiu especificamente para as Áreas Metropolitanas", descreveu Eduardo Vítor Rodrigues.

O CriAtividade vai arrancar em todos os municípios da AMP, sendo que, indicou o também autarca de Vila Nova de Gaia, "na própria candidatura houve logo envolvimento de agrupamentos de escolas".
Para sábado está prevista a apresentação do programa numa sessão que vai decorrer ao longo de todo o dia no multiúsos de Gondomar, distrito do Porto.

O programa inclui momentos culturais, a apresentação do CriAtividade, partilha de saberes, partilha de testemunhos e intervenções de agentes ligados ao projecto, nomeadamente do presidente da AMP e do presidente da câmara de Gondomar, anfitrião da sessão.