Gonçalo Henriques e João Simões desenham meias para tornar o mundo mais colorido

A Heel Tread lançou uma colecção para o Dia do Pai, alusiva a carros e com 20 pares de meias diferentes.

Fotogaleria
João Simões e Gonçalo Henriques DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR

Com o intuito de tornar “o mundo mais colorido”, Gonçalo Henriques e João Simões criaram a Heel Tread, uma empresa de “meias originais, coloridas, mas sem bonecos”. A ideia surgiu durante a Web Summit 2017, quando perceberam que as pessoas que falavam durante as conferências subiam ao palco e tinham meias coloridas.

Depois da ideia começaram por tentar perceber como é que este tipo de mercado estava organizado. “Descobrimos que havia grandes marcas, como a Happy Socks, que disponibilizavam meias com bonecos como flamingos, ananases, etc. e outras marcas premium criavam meias coloridas, mas com padrões óbvios como bolas ou riscas”, conta Gonçalo Henriques.

Foi assim que perceberam que havia espaço para criarem “meias com cor, com padrões fora do comum e sem bonecos”. A primeira colecção foi desenhada a pensar numa das paixões dos fundadores e num "tema transversal ao sexo masculino em geral": os carros. “Como já há meias com carros, decidimos criá-las através da desconstrução do design de automóveis ou do esquema de cores de equipas de competição”, explica João Simões que, apesar de ser licenciado em Marketing e Comunicação, é quem materializa as ideias. Já Gonçalo Henriques, com o curso de Engenharia e Gestão Industrial, trabalhou na área do grande consumo.

Esta colecção, lançada em Setembro, apresenta 20 pares de meias diferentes, à venda a dez euros, repartidas por cinco subdivisões alusivas ao carro americano, britânico, alemão, italiano e de Fórmula 1. No entanto, depois de terem criado uma campanha de crowdfunding, cujos resultados ficaram abaixo das expectativas, decidiram relançar a marca. “Fechamos a campanha no início de Outubro e já que as meias iam ser produzidas decidimos colocá-las à venda. Falamos com amigos que têm lojas em Lisboa e foi uma grande surpresa. Quando percebemos que havia uma grande adesão decidimos relançar a marca no Dia do Pai”, justifica Gonçalo Henriques.

Segundo João Simões, para os filhos que não podem oferecer estes carros aos pais, estas meias são uma “boa opção”. Além disso, defende que apesar de no passado ninguém gostar de receber meias, actualmente, quase toda a gente gosta de desembrulhar esta peça de vestuário que se tem vindo a tornar um acessório e um traço da personalidade.

No seguimento da conversa, Gonçalo lembra que usou meias azuis e pretas durante mais de 35 anos, até fundar a Heel Tread. “Há pouco tempo fui a um casamento e não quis levar umas meias tão berrantes. Acabei por regressar às meias escuras e lisas, no entanto, fiquei a achar que faltava algum apontamento de cor.”

Produzidas em fábricas do distrito de Coimbra, as meias estão disponíveis em dois tamanhos, do 36 ao 40 e do 41 ao 46. “Apesar desta primeira colecção ser mais destinada ao sexo masculino também queremos lançar colecções unissexo”. Os empresários também querem tornar o produto coleccionável. “A nossa ideia é pegar em paixões, inspirações para criar meias. Para a colecção seguinte estamos a pensar num tema relacionado com pessoas aventureiras e que gostam de actividades outdoor. A curto prazo temos a intenção de lançar mais tipos de meias. Meias de desporto, mais curtas, meias até ao joelho, etc.”, dizem.

Antes da marca ter sido lançada, Gonçalo Henriques e João Simões contam que já tinham colaborado com a Maria Riding Company, para a qual desenharam umas meias inspiradas no skate.  A outra colaboração foi entre a Heel Tread e o Gentleman's Ride, um evento que acontece em cerca de 400 cidades do mundo e tem o objectivo de sensibilizar as pessoas relativamente ao cancro da próstata e outros problemas ligados ao homem. “Acabamos por fazer as meias oficiais do evento que estão a venda no site oficial”, revelam.

Actualmente, a Heel Tread está presente em mais de dez lojas, em Lisboa, Porto e Aveiro; e, desde que lançou o site em Dezembro, já tem clientes em 17 países. Entre os quais os Estados Unidos, África do Sul, Reino Unido e Canadá. “Nos próximos dois anos queremos arranjar agentes ou distribuidores de loja noutros países, visto que quando as pessoas entram em contacto directo com o produto têm outra opinião”, finaliza João Simões.

Texto editado por Bárbara Wong