Paulo Azevedo: Mercadona “não assusta” Sonae

A anunciada abertura de lojas em Portugal da cadeia de supermercados Mercadona não assusta os responsáveis na Sonae. “É um grande player do mercado, é de um país próximo. Nós respeitamos a Mercadona, mas não assusta”, respondeu Paulo Azevedo.

Foto
Nélson Garrido

Esta semana a cadeia espanhola anunciou a intenção de reforçar a presença em Portugal para nove lojas, mas Paulo Azevedo assegura que “nenhum retalhista do mundo na área alimentar em Portugal assusta a Sonae”. “Combinamos uma posição competitiva muito forte, com uma qualidade de operação que é referenciada e reconhecida lá fora”, argumentou.

Ângelo Paupério, co-chairman da Sonae, relembrou que a empresa assistiu “à chegada de todos: Carrefour, Auchan, Lidl. Ainda cá estamos, na liderança. E alguns já foram embora”, afirmou Ângelo Paupério.

E a liderança não é para perder, sublinhou Paulo Azevedo, durante a apresentação de resultados da Sonae. Liderar no preço e crescer na rede de lojas de conveniência e no e-commerce continua nos objectivos estratégicos para 2018. “Sabemos que lideramos sem margem de dúvida. Abrimos mais de 100 lojas Bom Dia, 300 Meu Super, vendemos mais de 100 milhões de euros no e-commerce, queremos melhorar a nossa quota de mercado nos frescos e a satisfação dos clientes. E no sector da alimentação orgânica e biológica pulverizamos o mercado, somos de longe o maior distribuidor em Portugal, em apenas um ano, o que nos enche de satisfação, porque isso está muito dependente da confiança dos consumidores”, acrescentou Paulo Azevedo.

“Continuar a crescer na preferência de clientes, pelo preço, pela qualidade dos frescos e pela qualidade da marca própria, é o nosso porta-aviões dentro do Continente. Vai ser sempre a nossa prioridade”, afirmou o gestor.