Já não há europeus entre os cinco primeiros multimilionários do mundo

Bernard Arnault, detentor do grupo de luxo LVMH, caiu dois lugares.

Fotogaleria
Jeff Bezos é o mais rico segundo o ranking da Bloomberg LUSA/VICTORIA BONN-MEUSER
Fotogaleria
Bill Gates é co-fundador da Microsoft e segundo da lista Charles Platiau
Fotogaleria
O multimilionário Warren Buffett é o terceiro © Lucas Jackson / Reuters
Fotogaleria
O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, é o quarto MARIO ANZUONI
Fotogaleria
O mexicano Carlos Slim ocupa a quinta posição © Valentin Flauraud / Reuters
Fotogaleria
O espanhol Armancio Ortega surge em sexto Getty Images
Fotogaleria
O francês Bernard Arnault desceu dois lugares no ranking Reuters

Na lista dos cinco multimilionários mais ricos do mundo já não há um único europeu. De acordo com o ranking Bloomberg, na semana passada, o magnata francês Bernard Arnault, detentor do grupo de luxo LVMH, desceu dois lugares e caiu para sétima posição, o que significa que os cinco maiores são agora quatro norte-americanos e um mexicano.

Na primeira posição está Jeff Bezos, o fundador da Amazon, com uma riqueza estimada em cerca de 131 mil milhões de dólares (106 mil milhões de euros). Segue-se Bill Gates, o co-fundador da Microsoft, com 93 mil milhões de dólares (76 mil milhões de euros). Warren Buffett é o terceiro com 91,4 mil milhões (74,3 mil milhões de euros), seguido por Mark Zuckerberg, do Facebook, com uma fortuna orçada em 75,5 mil milhões de dólares (61,3 mil milhões de euros).

O mexicano Carlos Slim, detentor de diversos negócios, das telecomunicações aos transportes e imobiliário, passando pela energia, media e finanças, é o quinto com uma fortuna de 67 mil milhões de dólares (54,4 mil milhões de euros).

O primeiro europeu, na sexta posição do ranking, é o espanhol Armancio Ortega, co-fundar da Inditex, que é a empresa-mãe de marcas como a Zara e a Massimo Dutti. O seu património é de 65,9 mil milhões de dólares (53,2 mil milhões de euros). Segue-se o francês Bernard Arnault com 65,8 mil milhões de dólares (53,1 mil milhões de euros).