Avião cai no aeroporto de Katmandu e faz pelo menos 49 mortos

Depois da queda do avião, houve um pequeno incêndio. A companhia aérea diz que a culpa do acidente foi do controlo de tráfego aéreo do aeroporto, mas estes negam as acusações.

Fotogaleria
Reuters/NAVESH CHITRAKAR
Fotogaleria
Reuters/NAVESH CHITRAKAR
Fotogaleria
Reuters/SOCIAL MEDIA
Fotogaleria
Reuters/SOCIAL MEDIA
Fotogaleria
Reuters/SOCIAL MEDIA
Fotogaleria
Reuters/NAVESH CHITRAKAR
Fotogaleria
LUSA/NARENDRA SHRESTHA
Fotogaleria
LUSA/NARENDRA SHRESTHA
Fotogaleria
LUSA/NARENDRA SHRESTHA

Uma aeronave do Bangladesh com 71 pessoas a bordo (67 passageiros e quatro tripulantes) caiu nesta segunda-feira ao chegar ao aeroporto da capital do Nepal, segundo um responsável do aeroporto, citado pela Reuters. Há registo de pelo menos 49 mortos, refere a Autoridade Civil de Aviação do Nepal, acrescentando que 22 pessoas foram transportadas para os hospitais para receberem tratamento. 

Pouco depois da queda da aeronave, 17 pessoas foram resgatadas do avião, disse o porta-voz do Aeroporto Internacional de Tribhuvan, em Katmandu, Birendra Prasad Shrestha. Na altura, os esforços foram concentrados em apagar o incêndio e em retirar os passageiros da aeronave, disse ainda. Algumas fotografias partilhadas nas redes sociais mostravam o fumo negro resultante do incêndio.

O voo, procedente da capital do Bangladesh, Daca, era operado pela transportadora aérea US-Bangla — o director da companhia, Imran Asif, culpou o controlo de tráfego aéreo do aeroporto de dar indicações erradas, mas estes defendem-se dizendo que o piloto ignorou as suas indicações e entrou na direcção errada. O acidente fez com que o aeroporto fosse encerrado e todos os voos têm sido desviados para outros aeroportos.

Os acidentes aéreos no Nepal, região montanhosa que tem dos picos mais altos do mundo, são relativamente frequentes.

Em 1992, um avião que tentava aterrar no aeroporto nepalês despenhou-se e levou à morte de todos os passageiros e tripulantes, que eram mais de 100.

Em Setembro de 2011, um pequeno avião caiu, provocando a morte a 19 pessoas, entre as quais turistas estrangeiros que tinham como destino o Evereste.

Menos de um ano antes, em Dezembro de 2010, caiu uma outra aeronave: morreram 22 pessoas, algumas estrangeiras, a 140 quilómetros de Katmandu.

Em Maio de 2012, um avião com 21 pessoas a bordo caiu, provocando a morte a 15 pessoas. No mesmo ano, em Setembro, um pequeno avião com destino ao Evereste despenhou-se perto da capital nepalesa, depois de chocar com uma ave, e levou à morte das 19 pessoas a bordo.