Sobe para 11 o número de vítimas mortais do incêndio na associação

O incêndio da noite de 13 de Janeiro terá começado na chaminé de uma salamandra.

Foto
Sergio Azenha

Há mais uma vítima mortal do incêndio na Associação Cultural, Recreativa e Humanitária de Vila Nova da Rainha, em Tondela. Um homem de 57 anos morreu esta segunda-feira no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, confirmou a unidade de saúde, elevando para 11 o número de vítimas mortais em consequência da tragédia que aconteceu na noite de 13 de Janeiro.

O incêndio provocou, nesse dia, oito mortos e 38 feridos que foram hospitalizados em unidades de saúde de Viseu, Coimbra, Porto e Lisboa.

A 17 de Janeiro, um dos feridos que estava no Hospital de S. João, no Porto, acabou também por falecer e já neste último sábado morreu um homem que estava internado no Hospital da Prelada