Uber entrega refeições em Lisboa a partir desta semana

Novo serviço de entrega de refeições da Uber associa-se a vários restaurantes, incluindo quais o McDonalds.

Foto
DR

Depois de no final de Setembro ter sido divulgado o novo serviço de entrega de comida da Uber, chega à zona de Lisboa o UberEATS, a partir desta terça-feira, que pretende facilitar a vida de quem quer encomendar refeições sem ter de sair de casa.

A Uber, criada em 2009, tem tido uma enorme expansão no sector de transporte de passageiros e, em 2014, decidiu virar-se para o sector de entrega de refeições com a sua nova aplicação, UberEATS.

O funcionamento do serviço é simples: o cliente escolhe a refeição pretendida do restaurante que quer ao preço que consta na carta do menu e o restaurante recebe o pedido num tablet, fornecido pela empresa. A refeição é então confeccionada e entregue por um dos estafetas ao cliente. Os lisboetas podem seguir todo o processo acompanhando o estado do pedido, o tempo estimado de entrega e a localização do estafeta.

A app, que pretende ligar a cultura gastronómica da cidade à facilidade de utilização da Uber, conta ainda com uma opção de agendamento de entrega para os pedidos que não sejam urgentes e foi criada com base num sistema de algoritmos que pretende oferecer um conjunto de recomendações personalizadas para cada cliente, tendo em conta o seu historial de pedidos.

Não existe valor mínimo para realizar a encomenda e qualquer pedido apresenta uma tarifa fixa de 2,9 euros, podendo demorar de 15 a 45 minutos a chegar, dependendo do restaurante e da localização do cliente.

Em Lisboa, a área de entrega estende-se de Alcântara à Penha de França e da baixa lisboeta a Telheiras, não havendo ainda planos para expansão da área de acção deste serviço.

Os restaurantes parceiros são mais de 90, e incluem uma variedade de tipos de comidas que vão da portuguesa à mexicana, passando pelo fast-food.

Esta última assenta numa colaboração com o McDonalds e os seus 14 restaurantes na área, sendo que a cadeia que já tinha aplicado o seu serviço próprio de entrega noutras cidades - o McDelivery, que agora chega a Lisboa através da UberEATS. 

Ao Dinheiro Vivo, Jorge Ferraz, director-geral da McDonald’s Portugal, afirmou que contar expandir o serviço para outras localizações (grande Lisboa, Porto e grande Porto, linhas de Sintra, Cascais e Margem Sul) até ao final de 2018.

A Uber, plataforma online que permite pedir carros descaracterizados de transporte de passageiros, com uma aplicação para smartphones, já tinha escolhido a cidade portuguesa para a abertura do novo Centro de Excelência de onde vai gerir as operações da Uber no sul da Europa.

Ainda a aguardar enquadramento legal no parlamento, na sequência da polémica gerada junto de outros serviços de transporte, a empresa defende que o lançamento desta nova app em nada de relaciona com esse processo já que a proposta de valor do novo negócio é totalmente diferente.

Texto editado por Ana Fernandes