Este é o primeiro ataque a causar mortes em Nova Iorque desde o 11 de Setembro

Um homem entrou com uma carrinha por uma ciclovia na baixa de Manhattan vitimando pelo menos oito pessoas. Desde o 11 de Setembro que não se registavam mortes na cidade norte-americana causadas por um atentado terrorista.

Foto
Reuters/ANDREW KELLY

O atropelamento numa ciclovia na baixa de Manhattan, que está a ser investigado pelas autoridades como um atentado e que foi considerado pelo mayor de Nova Iorque como “um acto terrorista cobarde”, é o primeiro ataque que causa mortes na cidade norte-americana desde o 11 de Setembro – onde cerca de 2600 pessoas morreram.

No entanto, nos últimos anos aconteceram vários ataques em Nova Iorque, uns consumados e outros evitados, mas que não causaram vítimas mortais.

2016 – Em Setembro, três bombas explodiram em Nova Iorque – duas no bairro de Chelsea em Manhattan e uma em New Jersey, ferindo 31 pessoas. Várias bombas foram também encontradas ainda por explodir. O suspeito, Ahmad Khan Rahimi de New Jersey, foi detido depois de um tiroteio com a polícia.

Rahimi, agora com 29 anos, nasceu no Afeganistão e foi influenciado por material antiamericano que se crê ter sido criado pela al-Qaeda.

2010 – A Times Square foi evacuada, em Maio, quando um carro-bomba que falhou na detonação foi descoberto. Faisal Shahzad, um norte-americano naturalizado e militante talibã, declarou-se mais tarde como culpado e foi condenado a prisão perpétua.

2008 – Um homem detonou uma pequena bomba de tubulação em frente à estação de recrutamento das Forças Armadas em Times Square. Ninguém ficou ferido.

2001 – Na manhã de 11 de Setembro, membros da al-Qaeda desviaram dois aviões de passageiros contra as torres do World Trade Center. Os ataques, que incluíram um terceiro avião que se despenhou contra o Pentágono e um quarto que caiu em Shanksville, na Pensilvânia, vitimaram cerca de 2996 pessoas e feriram mais de 6000. Só no ataque ao World Trade Center em Manhattan morreram cerca de 2600 pessoas.

1997 – O professor palestiniano Ali Hassan Abu Kamal abriu fogo num local de observação no Empire State Building em Fevereiro, matando uma pessoa e ferindo outras seis antes de se suicidar.

1994 – Um imigrante de origem libanesa, chamado Rashid Baz, disparou contra uma carrinha de estudantes judeus ortodoxos na Ponte de Brooklyn, matando uma pessoa e ferindo outras três.

1993 – Uma carrinha foi detonada à entrada da Torre Norte do World Trade Center em Fevereiro, vitimando seis pessoas. Mil outras ficaram feridas.

Sugerir correcção