Nate é o primeiro furacão a atingir o Mississipi depois do Katrina

A quarta tempestade a assolar o território norte-americano em dois meses está agora a perder intensidade.

chuvas intensas trazidas pelo Furacão Nate
Foto
Chuvas intensas trazidas pelo Furacão Nate Reuters/SOCIAL MEDIA

Com ventos máximos até 140 quilómetros hora, o furacão Nate chegou ao Mississipi este domingo, tornando-se no primeiro furacão a atingir este território depois do <i>Katrina</i> em 2005. O Centro Nacional de Furacões afirmou ser expectável que vá enfraquecendo à medida que se movia para o interior.

O olho do furacão esteve a cerca de dez quilómetros a norte de Biloxi, uma povoação com cerca de 46.000 habitantes, que foi previamente avisada da chegada do furacão, e onde ficaram registos de muitas estradas inundadas

Antes do Mississipi, já o furacão tinha atingido a costa dos Estados Unidos ao longo de uma área não muito povoada no Sudeste do estado do Luisiana.

Esta é quarta grande tempestade que atinge os Estados Unidos em menos de dois meses. O Furacão Nate matou cerca de 390 pessoas na América Central, antes de entrar nas águas quentes do Golfo do México. Os furacões que o antecederam - Harvey, Irma e Maria – foram bem mais devastadores, particularmente em alguns territórios das Caraíbas.