Paisagens acidentalmente Wes Anderson

Wally Koval compila fotografias de cenários que podiam estar num filme do realizador norte-amerciano

@matzifer
Fotogaleria
@matzifer

Uma composição simétrica com uma paleta de cores tipicamente pastel e um toque de nostalgia. Não existe um manual de instruções para a estética Wes Anderson (só existe um The Wes Anderson Collection), mas todos reconhecemos um cenário Wes Anderson quando ele nos aparece pela frente. Simétrico, pastel e nostálgico. Um farol rechonchudo em Vancôver, uma isolada torre de vigia numa praia australiana, uma piscina pública em Gotha ou um comboio em Munique. Seja num filme, seja na vida real. "Talvez este seja o mundo Wes Anderson e nós apenas vivemos nele", lança Wally Koval, que criou uma conta de Instagram para tentar compilar os cenários que apenas acidentalmente se relacionam com o imaginário criado pelo realizador de filmes como The Royal Tenenbaums, Life Aquatic, The Darjeeling Limited, Moonrise Kingdom e The Grand Budapest Hotel. A conta @AccidentallyWesAnderson documenta paisagens, interiores de edifícios e objectos que parecem ter sido arrancados do guião do realizador norte-americano, agora com a tarefa facilitada. Quem usar a tag #AccidentalWesAnderson poderá ver a sua fotografia na colecção Koval — que junta uma descrição pormenorizada do local. Quem sabe se Wes Anderson não estará já atento à série.

 

@funkyspion
@vasilmann
@tanner_lyon_film
@leilaa81
@jmke.photography
@sydneybellward
@billycress
@aprilxo
@joel_meyerowitz