Fotogaleria
Fotogaleria
DR

Há uma criança de 20 metros na fronteira entre o México e os EUA

Artista francês JR criou uma instalação inspirada numa criança de doze meses nascida na cidade de Tecate, no México. Está lançado o debate sobre a imigração nos Estados Unidos

"Algumas pessoas sonham com mundos fantásticos, eu sonho com muros. Fico a pensar nesta criança, preocupada com o que lhe vai acontecer. Em que é que ela pensa? Quando se tem um ano não se vêem fronteiras nem se racionaliza de que lado se está melhor." O artista francês JR explica assim ao The New York Times a sua mais recente criação: uma instalação com uma imagem de um menino, com 20 metros, na fronteira entre o México e os Estados Unidos (EUA).

A criança que inspirou a instalação é real. Tem doze meses e vive na cidade de Tecate, do lado mexicano da fronteira.

A obra — cuja instalação o artista foi mostrando na sua conta do Twitter — foi inaugurada na semana em que Donald Trump, o presidente dos EUA, anunciou o fim do DACA (Deferred Action for Childhood Arrivals), um programa que dá vistos de dois anos, renováveis, a quem tenha chegado ao país de forma ilegal enquanto criança. O programa de Obama, anunciou Trump, deverá encontrar uma alternativa em meio ano.

A instalação de JR não foi uma resposta à decisão de Donald Trump, garante o artista. Mas voltou a pôr o tema da imigração nos EUA em cima da mesa. Vamos falar sobre o assunto?