“O meu percurso é em tudo marcado por aquilo que comecei a fazer no Youtube”

Três casos de jovens que têm milhares de seguidores no Youtube.

Fotogaleria
Laura Mourinho e Gabriel Nazaré Mário Lopes
Fotogaleria
Sofia Barbosa Mário Lopes
Fotogaleria
Pedro Gonçalves Mário Lopes

Sofia Barbosa

SofiaBBeauty, 17 anos, Porto, 200 mil subscritores no Youtube

Começou aos 12 anos e o Youtube era então “um local minúsculo”, onde Sofia só conhecia youtubers estrangeiras.

Sentia que tinha coisas para contar. O gosto pela maquilhagem só veio depois, herdado da irmã seis anos mais velha, que desde o início é o seu braço direito. “Ela começou por me ajudar. Mas hoje estamos nisto juntas.”

“Isto” é um canal do Youtube com 200 mil subscritores, no qual publica dois novos vídeos por semana. Neles aparece em frente à câmara para falar de moda e maquilhagem, as suas experiências na escola, em família, com os amigos. Conta histórias do que faz, do que quer fazer. Leva os seguidores às compras, ao café, à porta da escola ou à entrada do cinema. Leva-os tantas vezes ao encontro de marcas.

É um papel que não a incomoda. “Tenho o compromisso comigo mesma de só me associar a marcas com as quais me identifico”, diz, para acrescentar: “Ainda não é o dinheiro que me move. Eu faço isto porque é assim que me divirto e conheço outras pessoas”. Ainda que seja a youtuber da área com mais seguidores em Portugal e tenha “uma enorme responsabilidade nos compromissos com as marcas”, a escola é o “emprego a tempo inteiro”.

A profissionalização é o passo a seguir. Terminado o 12.º ano, vai dedicar-se ao canal a 100%. Quer pôr em prática as ideias para as quais ainda não teve tempo. Como fazer rádio e explorar outras plataformas para apresentar conteúdos.

Laura Mourinho e Gabriel Nazaré

Nomad Duo Movement, 21 e 24 anos, Madeira e Lisboa, 3300 subscritores no Youtube

Gabriel andava sempre de skate e Laura aguentou pouco tempo só a vê-lo. Aprendeu também. Ela fazia mergulho e ele não ficou sentado. Aprendeu também. E este foi o início de uma compulsiva vontade de experimentar novos desportos em conjunto, do surf à vela. Atrás dos desafios, começaram a viajar.

Faziam isto há tempo suficiente para terem vontade de o partilhar com outros. A ideia surgiu há dois anos: criar um movimento, não só de seguidores, de “pessoas que arrisquem.” “Andamos a tentar inspirar pessoas a fugir do habitual”, explica Gabriel. Numa busca constante por novos lugares – desertos, de preferência - Laura e Gabriel param pouco tempo no mesmo local. E foi desta ideia de os dois, ao estilo nómada, tentarem fundar um movimento que nasceu o Nomad Duo Movement.

Migraram para o Youtube há um mês. Já tinham dois anos de experiência no Instagram – “o último ano mais a sério”. Mais a sério? “Sim, foi quando começamos a partilhar um bocadinho daquilo que fazíamos.” Aprimoraram a qualidade fotográfica, a cargo de Gabriel, e começaram a contar as histórias por detrás das experiências, em vídeo, pelas mãos de Laura.

Levando as coisas mais a sério, surgiu o interesse das marcas - nacionais como a Sumol e a Xperia Portugal, às marcas de skates internacionais, como a BTFL. O objectivo “é viver disto” e estão uns passos à frente: são dos primeiros casais a fazer vídeos juntos e exploram um mercado “ainda a descoberto” em Portugal.

Pedro Gonçalves

21 anos, Porto, 41 mil subscritores no Youtube

Pedro já se tinha habituado às câmaras de casa quando, no ano passado, se propôs a enfrentar as da televisão. Terminou em segundo lugar no programa The Voice Portugal da RTP e este ano concorreu ao Festival da Canção. “Levava o treino” de cinco anos a cantar para o Youtube.

Tentou ter um canal de comédia. Não deu. Voltou-se para a guitarra, que já sabia tocar, e “tentava cantar por cima”. O sucesso na Internet deu-lhe alento e, hoje, persegue uma carreira na música. Quer especializar-se em som, no curso de Som e Imagem que está a tirar na Universidade Católica do Porto. “O meu percurso é em tudo marcado por aquilo que comecei a fazer no Youtube”, repara.

Recorda os primeiros anos em que a dimensão do Youtube ainda permitia que “quase todos se conhecessem”. Faziam encontros nos jardins do Pavilhão Rosa Mota. Foi nessa altura que conheceu Tiago Braga que o inspirou a criar o seu próprio canal. Hoje são amigos e “parceiros de trabalho”.

Pedro traz uma t-shirt dos Nirvana, mas não é “grande fã”. Fica-se pelo Nevermind, “um dos seus álbuns preferidos”, e a Smells like teen Spirit é a única música da banda de Kurt Cobain que gravou para o seu canal. A escolha do reportório “faz-se por modas". "Toco aquilo que está a dar e que as pessoas querem ouvir.” Acima de tudo, “faz aquilo que gosta”.