Reaberta Via do Infante em Lagos depois de incêndio ter sido dominado

Fogo em Odiáxere foi combatido por mais de 100 bombeiros e três aeronaves, tendo sido dado como dominado pouco depois das 19h. A estrada foi reaberta na mesma altura.

Foto
O corte na A22, provocado pelo fumo, foi feito em dois pontos na via entre Lagos e Albufeira Vasco Celio/ARQUIVO

Um incêndio que deflagrou na tarde desta segunda-feira em Odiáxere obrigou a cortar a Via do Infante na zona de Lagos entre as 16h30 e as 19h, tendo a estrada sido reaberta depois do incêndio ter sido dominado ao final da tarde. O corte desta auto-estrada (A22), feito em dois pontos da via nos dois sentidos entre as cidades de Lagos e Albufeira, foi provocado pelo fumo.

O incêndio deflagrou na freguesia de Odiáxere, localidade de Farta Vacas, às 16h30, “numa zona de mato e eucalipto” e esteve com duas frentes activas, conta ao PÚBLICO o segundo comandante do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro, Abel Gomes. O fogo foi combatido por 149 bombeiros, com o auxílio de 43 veículos e três meios aéreos.

Durante a tarde, Abel Gomes referiu que o incêndio ia "cedendo aos meios de combate" e foi dado como dominado às 19h05. Poucos minutos antes, a Via do Infante foi reaberta, ao serem garantidas as "condições de segurança", referiu ainda o segundo comandante. A A22 esteve cortada em dois pontos (no quilómetro 5.7 no sentido Lagos-Albufeira e no quilómetro 11.3 no sentido Albufeira-Lagos) e, enquanto esteve impedida à circulação, o trânsito foi desviado para a Estrada Nacional 125.