Fogo em Sesimbra dominado pelos bombeiros

O incêndio obrigou ao corte da estrada 377.

Foto
Encontram-se no local 219 operacionais a combater o incêndio que deflagrou numa zona de pinhal esta tarde. ADRIANO MIRANDA

O incêndio que deflagrou nesta segunda-feira em Sesimbra, no distrito de Setúbal, já foi dominado pelos bombeiros, disse à agência Lusa Patrícia Gaspar, adjunta nacional de operações da Protecção Civil.

"O incêndio nesta altura está dominado. Continuam os meios no local a combater alguns pequenos focos de incêndio e o trabalho vai decorrer ao longo de toda a noite e durante o dia de terça-feira para evitar reactivações, uma vez que a área ainda é vasta", disse.

A adjunta nacional de operações da Protecção Civil explicou que no local já estão também a trabalhar máquinas de rasto e maquinaria pesada para evitar reacendimentos, explicando que existem previsões de vento e que é preciso consolidar a zona.

A presidente da Câmara Municipal de Sesimbra, Felícia Costa (CDU), disse à Lusa que existem pequenos focos de incêndio que estão a ser apagados pelos operacionais, mas que o incêndio já foi "praticamente controlado".

"Os meios continuam a trabalhar no local, com excepção dos meios aéreos, e as chamas já estão praticamente controladas. Existem ainda alguns focos, mas estão a ser apagados pelos bombeiros", disse a autarca.

Felícia Costa explicou que o incêndio não colocou habitações em perigo e que o único ferido foi um bombeiro que foi transportado ao hospital, mas com ferimentos ligeiros num olho e que em breve deverá ter alta.

O alerta para o incêndio foi dado pelas 12h17, com as chamas a lavrarem numa zona de pinhal, originado o corte da estrada nacional 377, entre o Marco do Grilo e a Lagoa de Albufeira.

No combate às chamas estiveram 262 operacionais, apoiados por 85 meios terrestres e seis meios aéreos.